Icone branco.png

CIRURGIAS

CIRURGIAS

EXTRAÇÃO DO DENTE DO SISO (TERCEIROS MOLARES) OU OUTROS DENTES INCLUSOS

Não é verdade que todo dente do siso, ou terceiro molar, precisa ser extraído, tendo ou não erupcionado. Em algumas pessoas, os sisos nascem normalmente, corretamente posicionados na arcada, com fácil acesso para a sua higienização e cumprindo sua função mastigatória – quando o siso de cima tem contato com o siso debaixo - sem causar nenhum problema. 

 

Mas existem algumas indicações para sua extração, tais como: difícil acesso para higienização; erupção em posição incorreta; erupção parcial, o que pode causar cárie ou reabsorção da raiz do dente vizinho. Isso também pode acontecer com outros dentes. A decisão deve ser tomada após a avaliação cuidadosa de cada caso feita pelo dentista.

 

Se o dente está mal posicionado, semi-incluso ou mesmo ainda não erupcionou, é importante fazer a avaliação criteriosa através de radiografias. Se o dentista identificar na imagem alguma lesão em volta do dente, ou proximidade com a raiz do dente vizinho, é bem provável que a extração seja indicada.

A extração de dentes é considerada uma cirurgia oral menor e pode ser realizada no próprio consultório, com uso de anestesia local. 

FRENECTOMIA

A frenectomia é um procedimento cirúrgico de remoção do freio labial. São dois tipos de freios: os freios labiais (superior e inferior), localizados na linha mediana, que se estendem desde o interior do lábio até à gengiva, e o freio lingual, localizado por baixo da língua.

 

A cirurgia é indicada como parte do plano de tratamento de problemas como: 

- Limitação dos movimentos da língua e dos lábios; 
- Fechamento ortodôntico de um diastema (separação entre os dentes); 
- Problemas puramente estéticos; 
- Posição que dificulte a realização de uma prótese.